A alegria de viver com uma gata rabugenta!

Gisele minha gatinha e filhaAs pessoas são preconceituosas e frescas por quererem apenas cães e/ou gatos mansinhos e supercarinhosos. Não querem crescer na experiência de lidar com personalidades diferentes. Não sabem que gatos ariscos podem ser bichos de estimação adoráveis. Cães ou gatos assim necessitam de compreensão e paciência. E os compreendendo, você vê o valor deles como eles são! E os ama muito!!

Gisele: uma gatinha fresca, soberba e metida! Só quer carinho quando quer e da forma que ela quer! Assustada e medrosa, eu tenho que ser manso todo o tempo com ela. Qualquer movimento brusco que eu faço perto dela, ela se assusta! Se eu berro de raiva por perto, ela é capaz de achar que eu tô brigando com ela! Daí ela esbugalha mais aqueles olhos já enormes dela, contrastando com aquele fucinho cagado! Ela é tão linda, mas ela não gosta que a peguem no colo! Se eu preciso levantá-la, ela dá aquele miado enjoado de “não quero!” — ela nem quer saber se é coisa boa! Em suma, é uma gata superrabugenta! Para a minha mãe, ela é superchata. Eu sei que a maioria das pessoas não suportariam a Gisele e a largariam na rua. Eu penso diferente! Ela pode ser superchata sim, e ela é mesmo! Mas ela é especial para mim!

É difício explicar! A gente admira em ver. É até engraçado! A gente daqui de casa vê e lembra das rabugices dela e tira onda, e vamos gostando dela ser assim! Às vezes eu dou carinho demais (e ela não gosta disso), mas só às vezes, porque fica insuportável tanta frescura da parte dela e eu sem poder abraçar um gatinho. Eu procuro mais pegar ela no colo e ficar abraçado e cheirando (eu amo cheirinho de gato!); ela até que passou a não reclamar disso, principalmente depois de ter tido filho. Eu amo a Gisele! Essa fresquice dela faz a gente daqui de casa gostar mais dela!

Eu também sou feliz da Gisele ser minha gatinha. Com certeza outros não iriam entendê-la e amá-la como eu a entendo! Eu tenho alegria em vê-la no bem-bom, espreguiçada na minha cama, feliz, como ela merece estar! Sendo fresca, medrosa e rabugenta! Numa sociedade atrasada como o Brasil, quem é assim é automaticamente condenado à solidão, desprezo, e miséria. A pessoa que é assim porque precisa ser mais compreendida e amada, e o mundo a joga pro “sem solucionamento”!!! Não é um absurdo!? 😀 Mas a Gisele tem esse intelectual aqui que faz a justiça acontecer em sua vida, mesmo dentro dessa sociedade falida chamada Brasil! Chupa, gentalhada!!! 😀 😆

Uma vez eu pensei: “ainda bem que Gisele é só uma! Acho que se tivesse duas, eu iria enlouquecer!”. Aé!? Agora eu tenho mais o Járedih, que é a cópia-cola dela! Têm momentos que o Járedhi é pior que a Gisele, e principalmente pelo fato dele ter mamado (e muito, só parou agora! :shock:), ele ficou superfofinho e macio, e a gente dá mais carinho e ele fica mais irritado com a gente!! E pra quê ele foi nascer mariscado!? É a minha cor-de-gato predileta!!

Bem, eu já fiquei mesmo meio-louco com esses dois… :mrgreen:

Eu não esqueço  da minha mãe falando um dia desses pra mim: “eu vou durmir, pegue a sua gata rabugenta…”

Gisele… minha filha!

Anúncios

Publicado em sexta-feira, 1 fevereiro 2013, em Animalzinhos, Eu. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe seu comentário aqui. Mas ATENÇÂO: não insira nenhum link no seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: