Direitos “Dos Manos” – O coitadismo ao bandido

bolsa cadeiaPor que o polvo brasileiro, mesmo sendo massacrados pelos bandidos, continua a acreditar (vejam que eu disse acreditar, ou seja, não há provas…) que bandido também é ser humano!? Você considera um estuprador ser humano? Pra homens, até que pode ser, claro, são mascus mesmo… já responde metade da resposta! Mas e as mulheres? Será que é por causa da ignorância em que são condicionadas? E/ou pela religião, que insiste que creamos que bandido é coitadinho, sob pena de Inferno!?

Arrependimento? Fala sério, onde você viu alguém se arrepender, verdadeiramente!? Não acredito em perdão nem arrependimento, pois eu mesmo me arrependi de coisas que errei (e olha que é uma raridade eu errar), mas ninguém me perdoou quando eu precisei. Interessantemente, todo mundo quer que eu perdoe e seja compreensivo ao extremo. Mas, na hora que eu preciso de perdão (como o Flávio), ninguém quer perdoar! Interessante, não é mesmo!? Por isso que hoje eu também não perdôo ninguém, e as pessoas até me consideram rancoroso demais. Vocês me ensinaram a ser, velho!!

(Outra coisa: o brasileiro é muito perdoador palhaço! Ele perdoa quem matou e estuprou suas filhas, mas jamais perdoaria suas filhas se fossem lésbicas ou prostitutas!)

Nunca vi nenhum bandido arrependido. Em crimes leves isso pode até ser possível; mas em ediondos, jamais! Todo pedido de perdão de bandido vem já tramado, já se sabe que é fingido. Talvez as pessoas se agarrem à crença de bandido se arrepender por que não querem ver que a realidade é essa merda que a gente vive. Chega gente, bandido não é ser humano!

E mesmo que se arrependam, tem que pagarem pela falta. Mesmo assim querem investir numa “estadia” pro bandido, com aquela crença estúpida de ressocialização. Como ressocializar o inrressocializável!? Também nenhum bandido no seu vazio da prisão pensa no que fez com reflexão — sempre vai se lembrar com alegria, claro!

Prisão é um hotelzinho: tem banho de sol visitas íntimas e ainda por cima nós pagamos a comida deles (como disse um certo bandido manauara, os bandidos vão pra prisão engordar)! O certo seria que bandidos fizessem aqueles trabalhos braçais que ninguém aguênta fazer (com aquela bola acorrentada na perna): alguns em obras debaixo de sol forte, outros serem cobaias (livrando muito bicho de desmerecido sofrimento). Eles mesmo pagariam pela comida que comem (ou a família), e nada de visita íntima (abstinência sexual é uma punição massacrante, sabiam!?). Nada disso acontece porque tem gentinha que pensa que bandido é gente! Bandido nunca foi gente! Bandido é bandido e pronto acabou-se! E pra aqueles que gostam de defender bandido, com certeza são tão bandidos quanto eles! Ou são burros mesmo! E eu duvido que esses mesmos burros aceitariam botar um dos seus defendidos bandidinhos dentro da sua casa e namorar uma de suas filhas!

Um amigo meu (dos pouquíssimos que eu tenho) acha que os “direitos dus manos” foi criada pelos parentes dos presos. Ou seja, o parente vê que o cara é culpado, cometeu atrocidade, e mesmo assim o continua amando! Por quê!? Por experiência própria, a família do bandido é tão psicopata quanto o mesmo! Por isso que eu digo que não basta prender o criminoso, tem que prender a família dele também. Caso contrário, o resultado é uma nação ridícula aonde bandido tem mais direito que cidadão de bem – como é hoje o Brasil.

Outra prova que isso é verdade: aqui em Manaus (e no estado do Amazonas), os parentes dos bandidos escondem seu familiar bandido nas suas casas (fornecem garita). E quando a polícia descobre, entra lá com mandato, capitura o criminoso e o leva pra dentro do camburão, os parentes choram!!! Sério!!! É até pior: tem alguns que tentam IMPEDIR a polícia de meter o delinquênte no camburão!

Pensem, gente: quem é que acha bandido legal? Nós vemos LGBTs sendo tratados pelos seus parentes como lixo, e LGBTs não são vagabos! Mas o manauara acha LGBTs endiabrado, e bandidos bonzinhos! Por isso que eu falo que o Brasil é uma sociedade de retardados! Uma vergonha pra Manaus, que não merece ser povoada por uma cabocada demente e feia!

Talvez seja porque no fundo, o brasileiro valorize o espertalhão, o malandro, por que se estivesse lá faria também a mesma coisa. É por isso que eu não me sinto brasileiro, explicado por eu ter sangue europeu. Quando eu vejo que o caixa deu o troco errado, eu imediatamente devolvo a diferença. O brasileiro não faz nada e sai supercontente, como se tivesse ganhado na loteria; se esquece que o governo já tomou do bolso dele muito, muito mais!

Anúncios

Publicado em sábado, 16 março 2013, em Política, Sociedade brasileira e marcado como . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe seu comentário aqui. Mas ATENÇÂO: não insira nenhum link no seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: