Cartilha da Polícia da Bahia para se precaver de bandido: reserve um dinheirinho para satisfazer o ladrão!

bandido é quem manda no brasilNosso país é tão de pernas- pro-ar que aparece não só um, mas um monte de absurdos que nem sei qual escolho pra postar, que logo após lá vem mais outros! O que me deixa mais irado nesses absurdos todos são quando a população engole, aceita como norma, como “é assim mesmo”, como incorrigível, como se a incompetência na hora de votar não fosse dela. Se o polvo brasileiro usasse o discernimento, jamais engoliria a irresponsabilidade das autoridades de resolverem as coisas, ao ponto das mesmas instituir a guerra civil que o Brasil passa, que é o que faz as autoridades ao ordenarem que os cidadãos não reajam diante os bandidos, deixando os bandidos fazerem o que querem, pois não querem mexer a bunda pra dar cabo à eles, e querem que a sociedade os agüentem — incluindo torturas e estupros, já que nosso estado dá carta branca pra bandido fazer o que quer.

Institucionalizado a lei do bandido (e não a do cidadão de bem, que seria o certo de qualquer sociedade decente que se preze), não é de hoje que as autoridades e até jornais dão dicas de como o cidadão de bem se proteger por si só (estilo salve-se quem puder), e meu amigo, quando vejo isso, eu tenho vontade de meter a mão na cara. Na autoridade que fala isso, no jornal que apóia esse absurdo e no brasileiro que aceita isso — que prefere aceitar isso do que tomar vergonha na cara na hora de votar.

Hoje a pérola que eu vi no Jornal Do SBT (sim, eu sou insone, cê não sabia disso!?) foi da Polícia Militar da Bahia, que resolveu ajudar o polvo bahiano (Cadê o Bahiano!? Tropa De Elite é mesmo inesquecível…), mas ajudar sem que precisem mover a bunda, ou seja, dando palpites para a população conviver com a banditismo. Sim, esse é o meu país! Se você puder jogar uma bomba atômica aqui pra destruir tudo, eu agradeço!

É uma espécie de cartilha dando os melhores, repito, palpites ou mesmo “conformidades” para lidar com a bandidagem. Não é novidade isso, e o mais triste de tudo, o polvo absorve isso! Mas essa o pessoal caprichou! Veja:

1) Não reaja nem tente fugir;

O velho “não reaja” das autoridades! Falta eu fazer uma matéria de que só faltam colocar uma emenda de lei brasileira que dê legítima defesa pra bandido te assaltar no papel, pois é isso que já fazem na prática! Além de manter a população covarde contra a petulância dos criminosos! Aff!!!

E essa tática nem adianta mais, que bandido agora é psicopata, te mata tu reagindo ou não, basta ele te achar feio!

2) Apenas responda o que for perguntado;

Vou deixar pra falar no nº5

3) Não faça movimentos bruscos;

Vou deixar pra falar no nº 5 [2]

4) Tente parecer calmo;

Isso é um belo tiro no pé, pois o bandido quer justamente que você esteja aparentando suficientemente nervoso para satisfazer o sadismo louco dele! Você tentando parecer calmo (tipo, como querem ordenar que fiquemos calmos diante dum trezoitão!??) vai dar ao bandido entender que você está gostando da situação, e ele vai te agredir e tocar o terror para fazer você não gostar da situação! Bonito!

5) Obedeça e peça autorização a cada movimento que fizer (para o ladrão não pensar que você está tentando reagir);

“Sim senhor, não senhor, posso respirar também, senhor todo-poderoso bandido?” É pra satisfazer mesmo o ego do criminoso endiabrado! Tá aqui institucionalizado pro bandido fazer o que quiser contigo, até comer teu rabo! Vai à merda, que eu tenho amor-próprio! Próximo.

6) Carregue um pouco de dinheiro (para satisfazer o ladrão), mas poucos cartões;

Olha o cúmulo do ridículo: a polícia instituciona que não vai salvar você de bandido nenhum, então que você aceite em fazer o que o bandido quer, dê o seu suado dinheirinho do seu salário de miséria. E notem: sabendo que bandido agora é nervosinho ao ponto de se você não der, você morre, eles também aceitam isso numa boa! Quando o estado aceita a bandidagem, o que a gente faz? Aceita também!? Na verdade vemos um estado que se rende ao banditismo, e diz para seus cidadãos fazerem a mesma coisa, desculpando-se que “é assim mesmo”. Não, não é assim mesmo porra nenhuma!

E enquanto para você dar os cartões, e como já disse alguém que está agora na Comissão de Direitos Humanos da Câmara, não adianta dar o cartão sem a senha!!! :mrgreen:

Depois de um assalto:

7) não tente perseguir o ladrão;

Ou seja, deixá-lo fugir, até porque a polícia preguiçosa vai usar isso (não saber do paradeiro do meliante) para não fazer mais nada pra tentar prender o cara! HAHAHAHA…

8) Afaste-se do local;

Instituindo o medo da vítima! Pra que mais serve isso!?

9) Ligue rapidamente para 190 com todas as informações possíveis já organizadas (endereço, descrição do ladrão, direção da fuga);

Veja como todo o trabalho é dado para a vítima! Os filhos da mãe não se tocam que perante o horror de ter sido assaltado não sobra espaço pro raciocínio, pra fazer esse check-in do próprio trauma sofrido. E no final, pra quê, se a maioria dos crimes termina no B.O., a polícia não investiga nada!?

10) Vá para a delegacia mais próxima registrar a ocorrência, não espere até chegar em casa;

Peraí, mas não já tinham ligado pro 190? Será porque provavelmente a comb da PM não vai chegar no local, tendo que a vítima seguir caminho pra delegacia mais próxima!? E quanto sadismo, porque o primeiro lugar que a pessoa vai querer ir para se sentir afagada vai ser a própria casa! Isso é falta de respeito com o sentimento de quem sofre isso (e eminentemente vai sofrer)!

11) Afaste-se e não tente perseguir o ladrão;

Mas DE NOVO mandando fugir como um completo otário indefeso? Muita impressão de querer acima de tudo satisfazer algum sadismo por parte do bandido!

Mais dicas (que não aparecem na imagem):

Continuando com a falta de vergonha na cara, a polícia bahiana ainda fala na cartilha para que todos tenham clipes no bolso, para que na hora de serem seqüestrados e enfiados na mala do próprio carro, tentem sair de lá, usando um clipe! O quê!? É isso mesmo! Tem mais: que TREINEM isso antes, para na hora “H” já saber como fazer. A gente agora está sendo persuadido a aprender táticas de guerra, ou melhor, táticas de filmes de ação a lá MacGyver, a darmos conta de livrarmos sozinhos dos bandidos. Mostra que a polícia bahiana além de sádica, psicopata (pois não respeita sentimento de quem sofre assalto), e curtidora da nossa cara, ainda é burra ou ta nos fazendo de trouxa, porque abrir fechadura com clipe só é possível nos filmes! Chegamos ao ponto das autoridades querer que realizermos surrealismos cinematográficos, pois MacGyver é quase um deus, consegue se livrar de tudo pelas impossibilidades mais absurdas; MacGyver era até capaz de achar um clipe no meio do deserto! Não é bem mais conveniente, já que estão querendo que nos viremos para lidar com atroz de bandido, que nos armemos todos, liberarem armas para todos!? Mas querem que os cidadãos se defendam desarmados, diante de bandidos fortemente armados! Ou seja, querem que nos defendamos com mágica, igualzinho ao MacGyver, que nos filmes se precisar é capaz de tirar um sabre de luz do furico! Ô autoridades, cês vivem no mundo real!??

“treine como sair de um porta-malas, caso seja aprisionado”, “em caso de trava mecânica, treine com um grampo, arame ou canivete o levantamento da trava. Em caso de trava elétrica, identifique o caminho da fiação para poder cortá-la”, “deixar um aparelho de telefonia celular permanentemente no porta-malas para eventualidade dessa natureza”, “se um dia você for jogado dentro do porta-malas de um carro, chute os faróis traseiros até que eles saiam para fora, estique seu braço pelos buracos e comece a gesticular feito doido. O motorista não verá você, mas todo mundo verá. Isto já salvou muitas vidas”

Imagine você tendo que ter força para fazer um buraco no  próprio buraco e passar pela humilhação da cena descrita acima! “Isso salvou muitas vidas” — nunca vi um jornal que noticiou alguém vítima de seqüestro ter se salvado do cativeiro assim. O pior é verem isso como um “muito bem”, em vez de uma vergonha por alguém ter precisado ser submetido à essa humilhação para poder se salvar de coisa pior!

Além da polícia bahiana ser preguiçosa, sádica, psicopata, e achar que malabarismos de filmes 007 são reais, completa o bolo por serem mascus! Dizem que as mulheres são as mais vitimadas por serem mais desatentas!

“As mulheres têm a tendência de entrar em seus carros depois de fazerem compras, refeições, ou depois do trabalho, e sentarem-se no carro (fazendo anotações em seus talões de cheques, ou escrevendo alguma lista etc.) NÃO FAÇA ISSO! O bandido estará observando você, e essa é a oportunidade perfeita para ele entrar pelo lado do passageiro, colocar uma arma na sua cabeça, e dizer a você aonde ir”

Quem tem cérebro sabe que mulheres são mais visadas pelos criminosos por usarem bolsa, onde levam tudo dentro. Ah, sim, e porque as mulheres são hoje quem sustentam a família, pois a macharada vagaba que sempre foi, faz filho pra depois sumir do mapa e obrigar a mulher a carregar o fardo sozinha (isso é até institucionalizado na lei brasileira)! Assim até eu!!

Não vi nada sobre em caso de estupro, o que fazer. Mas posso ver os policiais dizerem para a mulher não reagir e ser amável com o vagabundo, chamá-lo de “meu amor” (sim, teve um bandido que já exigiu isso! — Pena que não acho o link!), falar de Jesus pra ele e estar pronta pra ser estuprada, saindo de casa com uma langerie sensual, camisinhas (para não pegar AIDS ou gravidez indesejada, já que a sociedade mascu vai querer que você agüente parir filho gerado por estupro), gel lubrificante, chicotinho e orelhas do coelhinho da playboy, pra não irritar o estupradorzinho, principalmente evitar que o troço dele falhe (isso já aconteceu também)! EITA PORRA!!! E do jeito que as mulheres brasileiras respeitam as regras machistas, não vou duvidar se elas engulirem isso!!! EITA PAÍS DOIDO!!!

Daqui a mais alguns anos, até devido a nossa bancada evangélica conseguindo até mando nas áreas de Direitos Humanos, o novo acrescento nas cartilhas educando o povo à criminalidade vai sugerir para que a vítima fale de Jesus pro bandido, vai que ele se converte…! Na verdade já fizeram algum do tipo há tempos atrás, recomendando para mulheres prestes a serem estupradas tentem persuadir o maníaco estuprador a se tratar — sim, tentaram tratar os estupradores como doentes coitadinhos! Acho que não deu certo porque as feministas da época não ficaram caladas e mostraram o dedo médio!

Tá, a verdade é essa: o governo é incompetente e para lavar as mãos estão jogando na sua cara que você é o responsável por ser assaltado e que é responsabilidade sua aturar, fazer que o bandido não te faça coisa pior, e se virar para driblar a situação. Ensinam ao brasileiro a ser covarde e submisso, e o pior que o brasileiro aprende mesmo essas porcarias! Você acha que o polvo não vai aceitar? Já inventaram há tempo que você não tem sequer o direito de andar sossegado com um celular caro na mão, mesma lógica retardada que prega que mulher tem que se vestir e comportar para não provocar o estuprador, pois no final culpam a violentada. A única coisa que devia se fazer perante um bandido é meter-lhe algemas, colocar-lhe em cana e dar-lhe uns belos tabefes na cara, pra ver se criam alguma vergonha na cara! Agora o que não dá é ficarem fazendo piadinhas do “é assim mesmo” e acharem graça dessa merda.

O governo não ta nem aí pra ninguém, quer que a população se ferre mesmo nas mãos dos bandidos, e principalmente com as políticas do “não reaja”, que continuem a serem submissos diante esse inferno todo, tanto da bandidagem pobre quanto da bandidagem rica, com suas cobranças de impostos absurdas para pagar mais um ministro para pagar mais uma promessa de pagamento pelo poder alcançado e aliamento na câmara; senão, você cai na “malha fina”. Cabe a você como eleitor dizer “não” a toda essa patifaria descarada na urna. “Vamos colaborar minha gente! Vamos colaborar com o bandidinho!” Aqui que vou colaborar!

Nenhuma cartilha dessas vai solucionar o nosso problema de segurança pública. A gente quer solução, não essas medidas paliativas que zombam do bom senso de uma sociedade justa. Não precisamos de cartilha ou de constantes apelos de não reagir: precisamos de polícia nas ruas, e código penal descente, esse segundo que parece uma das maiores utopias da realidade brasileira!

Não, se a polícia tá com essa carta branca total pra se achar no direito de não fazer nada, e querer que o povo se vire e dê uma de MacGyver, é porque o povo está gostando da situação; porque ano que vem é eleição e a gente sabe que vai ser eleita a mesma corja de sempre! Mas pros poucos sérios que restam nesse país, a melhor recomendação seria uma das três opções:

1) não sair de casa, NUNCA (se conseguir, trabalhe em casa)

2) mudar-se para outro país

3) se mate

A última ordem da PM da Bahia: salve-se quem puder! HA HA HA HA!!!

Nota 1: Interessante que há pouco tempo a policia baiana exigiu exame ginecológico de candidatas e até que as virgens atestem suas virgindades. Eu não sei quem se afunda mais: governo bahiano ou amazonense!

Nota 2: Eu quero é ver esses policiais proporem treinamentos aos turistas da a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas 2016. Não vão ser bestas de fazerem isso porque estrangeiro não é brasileiro, e seu país de origem ao souber disso vai xingar nosso país de todos os nomes.

Anúncios

Publicado em quarta-feira, 20 março 2013, em Política, Soluções superficiais. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Deixe seu comentário aqui. Mas ATENÇÂO: não insira nenhum link no seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: