Arquivo mensal: julho 2013

Resultados nocivos da vinda do papa ao Brasil

Graças à James que a Jornada Mundial da Juventude acabou. Eu não estava mais aguentando tentando assistir jornal, e presenciar uma propaganda descarada à religiosidade, sobretudo à católica! Os jornais não informaram, deram seriedade demais à vinda do papa no Brasil, mostrando os católicos peregrinando pelo país supersorridentes em não estarem fazendo nada (apenas andando pra lá e pra cá – pra quê!?) como coisa mais louvável do mundo (muito mais louvável do que as manifestações – isso sim que deveria ser considerado mais importante e mais útil a se fazer). Antes de você me xingar, não estou contra manifestação católica (ou evangélica, ou candoblecista, seja lá o que for), e sim contra a propaganda massiva à religiosidade, sendo que as religiões cristãs dizem ser contra religiosidade (mas muitas vezes nem sabem o que é isso e cometem religiosidade!) e a intenção do que a mídia fez: alienar e manter alienado o polvo brasileiro!

Clique aqui para continuar lendo…

Vandalismos desmascarados: eles foram feitos por policiais infiltrados!

pinóquioGovernantes que se acham no direito de serem pai (ou mãe) de uma nação podem até conseguirem fazer o que querem, mas depois as vaias serão inevitáveis. E hoje os jornais noticiaram o que os manifestantes sabem e o óbvio que eu deduzia: que policiais estão infiltrados nas manifestações para causar os tumultos e os conflitos, para atirar coquetéis molotov/bombas caseiras para difamar as manifestações, para criar um motivo para a polícia prender manifestantes e assim reprimir com manipulação a revolta popular, já que a mídia mentirosa não conseguiu fazer isso! O policial sacana daquela coletiva de imprensa tinha usado as bombas caseiras e o quebra-quebra justamente para justificar que a polícia teria razão para ser truculenta nas manifestações. E hoje com mais essa desmascaração, agora ele, a polícia e o governador do Rio estão sem aonde enfiar a cara! Eu falei que mentiras um dia são desmascaradas! Falta agora descobrirmos que quem quebra vidro dos bancos e assalta as lojas não são nem os anarquistas, e sim policiais mesmo! A batata está assando contra o sistema da democracia ditadorial do Brasil!

Clique aqui para continuar lendo…

Papa Francisco no Brasil é(ra) esperança de redenção ao governo

religiosidadeMesmo os religiosos sabem, mas fingem que não é verdade, que para as nossas autoridades (políticos, grandes empresários, ditadores, etc) a religiosidade é ferramenta poderosa e eficaz para manter a população submissa e conformada aos desgovernos das mesmas. Na Idade Média, não à tôa também chamada de Idade Das Trevas, a população não se revoltava de suas condições miseráveis porque a Igreja Católica pregava que era da vontade de deus que o povo tivesse obrigação moral de viver àquelas condições horrendas sem contestar seus líderes, e que os mesmos líderes tinham pleno direito de fazerem as atrocidades que bem entenderem. Clique aqui para continuar lendo…

Reflexões da minha vida escolar

Made In HeavenNesta semana eu fiquei sem tempo para postar, resolvendo problemas de matrícula escolar. Durante isso, inevitável me lembrar do passado, como foi meu colegiado. Eu sou o tipo que dá muitíssimo valor ao passado, em como dei cada passo. Pra mim, cada passo que você dá, e a forma como dá esse passo, faz a diferença, para que no futuro você tenha prazer em lembrar no que você foi. É assim que eu sou, um sonhador! Prazer em conhecer!

Clique aqui para continuar lendo…

Dia do homem: passava e eu nem precisava saber!

machismo machãoOntem foi Dia Do Homem. Só soube disso no jornal Em Tempo local. Minha reação: “Dia do homem… KKKKKKKKKKKKKKKKKK… chega a ser cômico! Um dia de homenagem ao homem é tão sem-sentido e chega a ser quase um “Dia Do Estuprador”!” Mais aí vai aparecer um mascu doido metido a macho-alfa me xingar de feminazi (não tem nem sentido de texto esse xingamento, já que não houve feminismo no nazismo, e sim machismo) e dizer que eu generalizo os homens. Mas aposto que o mesmo não resistiria em pegar uma mulher à força se tivesse oportunidade, e ainda dizer que, “coitadinho”, não sabe a diferença de estupro como sexo à força (não tem diferença: são a mesma coisa, macho burro!).

Clique aqui para continuar lendo…

“Machos” e inseguros

Imagem da fanpage “Homem Feminista de Verdade”

   Desde pequena, uma coisa que sempre gostei muito é de observar as pessoas. Durante todos esses anos, há algo que eu sempre observei e vi/vejo com extrema frequência: a insegurança masculina. Sim, insegurança, pois se um cara possui a torturante mania de tentar a todo instante provar a outrem a sua masculinidade e a sua virilidade, o nome disso só pode ser insegurança (se não algum tipo de marasmo mental). Clique aqui para continuar lendo…