Arquivo mensal: janeiro 2014

Machudas que gostam de homens existem!

trans-homem com homem

Pra quem não sabe, trans-homem é aquela pessoa que é fêmea, mas quer ser homem, e se traja como homem e tem comportamentos e trejeitos de homem – o popular “machuda” que o povão conhece! O modelo que o povão conhece por machuda é aquele trans-homem hetero, ou seja, a machuda que gosta de mulher. Só que também existe outro “tipo” de machuda, que é o trans-homem gay, que é uma que gosta de HOMENS, e o trans-homem bissexual, que gosta das duas coisas.

Eu sempre tive a certeza absoluta de que gosto de homem. Sei deste meus 5 anos que eu gosto de homem, mesmo quando eu descobri que homens estupram, eu não podia (e não posso) mudar a minha orientação sexual pra eu me salvar deles, por mais que eu queira até hoje, diante de uma sociedade cujo homens estão cada vez mais retardados – se antes eles estupravam, hoje eles estão deixando de fazer sexo em troca de futebol, cerveja ou videogame (sim, tem também o videogame!), e só transam se a mulher usar cauça cocota, aparecendo um palmo da bunda. Eu testemunho: ser um trans-homem gay é o verdadeiro inferno!!! Como se não bastasse nós sofrermos com a desgraça de termos uma xoxota fedorenta no meio das pernas que é convite tanto pra bullying de gentalha quanto de ataque de estuprador, ainda temos que sofrer tanto na vida tanto sentimental quanto sexual! Os homens sentem atração, mas nos desprezam veementemente, mesmo quando estamos vestidos de mulher, pois eles vêem que você não tem feminidade, e se você não tem feminidade você é considerado um lixo para os homens, pois eles só gostam de mulher apenas como troféu, assinando que o cara “é macho”. A gente é forçado a ficar em abstinência sexual e os únicos tipos de homens que querem transar conosco é só velhos e estupradores! E coitado de nós se nos apaixonarmos por um homem!!! No final a gente é desprezado e ainda ouve que a gente tem é que “fingir que nunca aconteceu” (sim, e o filho da puta que me falou isso é de Santarém do Pará!).

Clique aqui para continuar lendo…