Arquivo mensal: maio 2014

O retorno do comentarista idiota: Arnaldo Jabor desqualifica a greve dos rodoviários.

jogue sua tv fora 002Arnaldo Jabor ainda não aprendeu a lição, ou insiste em não aprender a lição, e dar uma de babaca, mané, idiota, desprezível, de comentarista opinador defensor do pensamento das elites (aka ricos – políticos e grandes empresários – mais parte da classe média abestada que fica ao lado dos ricos pois querem ser iguais à eles) que depois se faz de defensor do povo com malabarismos espertalhões. Pode ser até inveja da direitista feminina que brilhou mais do que ele, a Rachel Sheherazade/Charizard, na capacidade de falar besteira e de conseguir fazer isso com pose de coitadinha, defensora da própria opinião retardada dela, que só gentinha debilóide igual à ela gosta desse “heroísmo de si mesmo” de ser “heroína por falar vilanismos”.

Parece até que por repúdio aos jornais apelando pro povo ficar contra a greve (e é toda informação da greve que eles sempre repetem a mesma idéia de que “a greve é malvada porque está prejudicando a população”) não surtiu efeito, e decidiram apelar mais, com (mais) um comentarista idiota falando bosta.

-Clique aqui pra continuar lendo>

Vai recomeçar a UFC de novela global!

image

Puxem a descarga que lá vem vindo merda! Por cada vez mais falta de audiência, o povo cada vez mais desligando a TV e indo pra rua, A Globo está reabrindo as portas do “campeonato de surras em novelas”. Coicidência ou não, depois do aniversário da novela de Félix, aquela que pipocou de “fulano dá uma surra em cicrano”, chega irritou telespectadores.

Leia o resto deste post

A revolta rodoviária pelo Brasil

jogue fora a sua tvEm épocas de pré-amadurecimento do povo brasileiro, explosão de revoltas populares pelo país, de São Paulo a Manaus, de revolta dos rodoviários, aka operários de busão (ônibus). Está acontecendo em todo o país, e semelhanças até na reação às autoridades. Em Manaus aconteceu antes de São Paulo, mas a imprensa televisiva só mostra as do Rio e São Paulo.

Nos últimos dois meses, em Manaus, também estourou greves dos rodoviários, chegando a ter greves-surpresas, pois cada vez que os rodoviários avisavam que iriam fazer greve, rapidamente o Artur Virgílio Neto, que era senador e agora é prefeito de Manaus, marca reunião de última hora, e os rodoviários cancelam a greve, para os empresários simplesmente prometerem mais uma vez que vão depositar o FGTS dos empregados, e depois simplesmente descumprir tudo de novo. Essa enrolação não deu outra saída senão os trabalhadores recorrerem à greves surpresas, e como a população baré não sabe disso e também não procuram saber, os jornais televisivos e impressos fazem aquela melindragem dizendo que os rodoviários são filhos da puta, que prejudicam a população (como se a greve fosse direcionada pra sacanear com a população) e chegando até ao ponto de dizer que a empresa sonegando pagamento de FGTS não justifica os trabalhadores de fazerem greve! Olha os absurdos!

Clique aqui para continuar lendo…

A espetacularização do ativismo LGBT

Desqualificar ativismo é uma velha e surrada prática das autoridades e dirigentes de qualquer lugar do mundo: desqualificando, torna o motivo do ativismo ridicularizado ou esquecido, e transforma os ativistas (perante a opinião pública) em “reinvidicadores de besteira”, “conspiradores” ou em “vagabundos” e “rebeldes sem causa” (se lembra de junho de 2013!?). Organização do povo, povo revoltado e agindo, nenhuma autoridade que se preze em lutar pela sua própria autoridade, vai querer isso, e no Brasil a arma mais poderosa pra isso sempre foi a alienação; afinal, poupa esforço policial e esforço policial nunca fica bem na fita pros que se revoltam, mas a alienação fica(!); tanto é que conseguiram o incrível feito de botar manifestante contra manifestante nessas revoltas populares de hoje, em nome de um discurso e defesa idiota ao pacifismo!

E dentre fazer a desqualificação, está a espetacularização do ativismo LGBT, que visa colocar o ativismo no ridículo ou no desprezível.

Leia o resto deste post

Secretário diz que Manaus está de parabéns pela preparação pra Copa. Parabéns no quê!?

Well, DUH!

De volta à “terra das maravilhas” de Manaus, a cidade de povo empobrecido, mas que se vêem gente rica, aonde tudo está bem graças ao “governo do estado que cuida da nossa gente”, agora é uma cidade que de um dia para o outro todos os problemas “sumiram” “graças” à Arena Amazônia que já foi erguida, no custo de superfaturados 600 milhões de dinheiro do povo mais três mortes de operários, de repente finge-se que os moradores de igarapé podre da cidade e moradores de invasão não existem mais, que o “sistema BRS” que nada mais é do que o expresso ressuscitado melhorou o trasporte público da cidade, enquanto que na realidade tudo continua como está, e claro, como todo problema que não se resolve, vai piorando aos poucos. Os políticos, tanto o PT na esfera federal quanto o PMDB e o PSD na esfera do estado do Amazonas, vão conseguir se reelegerem conseguindo o grande feito de criar uma imaginária melhoria que só existe na fantasia ou no psicológico mesmo, igual à Roupa Nova do Rei, graças à televisão que diz que a Copa do Mundo 2014 é o “grande messias” que o povo estava esperando, e que quem não ver ou acreditar nisso é um louco ou “do contra”.

Diante desse cenário de horrores que vem o secretário-executivo do Ministério dos Esportes Luis Fernandes pra Manaus, elogiar a Arena Amazônica e dizer que o andamento pra Copa em Manaus está tão maravilhoso que até está melhor do que os outras capitais. Cuma!??

Leia o resto deste post