Arquivo mensal: setembro 2014

Sobre a não-reprodução dos aparelhos excretores segundo Levy Fidélix.

image

Eu odeio quando em época de eleição começa o jogo do “tema polêmico”, aka tema que o povo brasileiro ainda é burro pra ter uma opinião sensata, pois daí é uma enrolação que se estende até o fim das eleições, ocupa o espaço pra discussão de outras propostas, e faz o eleitor deixar de votar em quem cumpriria mais as boas propostas pra votar no candidato moralista que não vai fazer porra nenhuma no poder. Essa é a tática da distração na propaganda eleitoral, que manipula o eleitor e faz o “protesto na urna” cair n’água abaixo!
Os LGBTs como há algum tempo estão sendo usados de atração deste o Félix (Félix e Fidélix, grande piada infame!); gente reclamando de LGBT em toda novela da Globo, e LGBT sendo usado como tema-de-distração nestas eleições, já que o povo brasileiro ainda é infantil demais e ainda mergulhado no tradicionalismo e no conservadorismo. Primeiro foi a propaganda idiota do pastor Everaldo, depois foi a Marina, a candidata “metamorfose ambulante”. Quando a gente pensou que tudo já iria parar por aqui, eis que Levi Fidélix (Félix e Fidélix, grande piada infame!) tem um lapso de Eduardo Jorge do Mal com Olavo de Carvalho e utiliza verdades irrelevantes carregados de deboche pra se justificar ódio aos homossexuais, com o “aparelho excretor não reproduz”. Ele entende mesmo de aparelho excretor, que é a própria boca dele!
Leia o resto deste post

Anúncios

Maniqueísmo partidário ou a pegadinha por trás do #ForaPT.

image

Uma das coisas mais chatas no meio político pra se apontar que político e partido tal é vagabundo, é esse modismo tosco do #ForaPT e o maniqueísmo todo que se criou em volta disso. Há uma ânsia constante, toca ao doentil, de só atacar o PT, atacar exclusivamente o PT, chegando ao extremo de quem não aderir ao #ForaPT e não atacar somente o PT, de ser automaticamente e imediatamente acusado de ser petista, enquanto que deixa muitos psdebistas assumidos livres pra fazer propaganda pró-Aércio. E mesmo quem não é psdebista, acaba por indo nesse pró-PSDB sem saber, criando uma desculpa/invenção esfarrapada inconsciente de que PSDBismo é combate ao PeTismo. Como um partido tão corrupto e desgovernante quanto o PT teria capacidade pra combater o mesmo? É que nem esses doidos que inventam que militar é contra-comunistacomedordecriancinhas, sendo que militar brasileiro é um contra-civil em geral, ou seja, é outra grande bosta!
Leia o resto deste post

Nós estamos forçados a pausar por uns tempos.

Com muita tristeza, depressão e revolta eu sou obrigado a pausar o Blog Alessandro Transgênero por uns tempos, tipo uns três a seis meses. Não, não estou fechando o blog, nem vou parar de postar! Apenas vou ficar tempo demais sem poder postar nada, por causa de alguma “força oculta” dos infernos que está acontecendo mil e duas coisas uma seguida da outra, que não está me permitindo usar meu computador. Ou é internet lenta, ou é estabilizador queimado, ou meus próprios gatos dão uma de vigaristas e derrubam a CPU no chão! E com tanto desgosto, eu prefiro parar, ou ao menos dar um tempo, até que essa sina, força oculta, maldição, sei lá que porra é essa, ou o meu tradicional azar mesmo, vá embora, e eu possa usar minha máquina sem novos transtornos pra me fazer chorar ou me arrepender de estar vivo.
Leia o resto deste post

Professora é esfaqueada por aluno. Mais uma ‘estatística’!

Já virou moda, costume, mas ninguém se importa. Mas como lembrar é combater, aqui vai: sim, aconteceu em Paraná, por causa que a professora chamou os pais do ‘aluno’, o trombada pepinou a professora de facadas — 16 VEZES!!!
Tragédia anunciada, claro! Nos anos 90 ainda era impensável e inaceitável um professor ser esfaqueado! Ninguém se importa com professores! Professores foram desmoralizados, heróis agora são jogadores de futebol, dão mais valor pra jogadores de futebol. Ninguém se importa! (O André tá lendo meu blog???)
Bordão do Félix: — Eu devo ter feito baby-lizz nos cabelos de Maria Madalena…
Bordão do Alessandro: — Ninguém se importa! Tanto faz, tanto fez!
Tá, vamos voltar ao assunto:
Sim, um moleque que acha que professor tem dever moral de inventar nota pra ele ou aturar o péssimo comportamento dele em sala de aula, é no mínimo um débio mental. É esse governo que faz do Ministério da Educação um cabresto pra professores aturarem e passarem os Osaminhas de ano, bem tal qual é um moleque amazonense que não tem educação em casa e faz da escola um gueto. E isso não é só coisa dos ‘petralhas’ não: foi deste os ‘tucanalhas’ que meu pai se deparou com a Aprovação Automática!! Geraldo Alkimin não me deixa mentir!!
Quem esfaqueia por causa de um motivo torpe, uma nota ou uma advertência aos pais, vem dessa nossa sociedade numa tremenda crise de valores: gostar de futebol e periguete com prova de masculinidade, jogadores de futebol como heróis e/ou patriotas, professores como servos morais de passar marginais de ano, e essa sociedade do extremo, sociedade da pena de morte, que quer aplicar pena de morte pra tudo, pra empregada que não limpou direito, pro jogador que perdeu o jogo da Copa, e o pivete que achou que a professora merecia uma facada no pulmão por “ter tido a audácia” de ter chamado seus pais “praquela conversa”, acreditando que só assim que vai se resolver tudo de forma eficiente. Assim eu vou querer pena de morte pro Datena parar de ficar fazendo o povo ficar maluco!!!
Depois vem os mesmos políticos de sempre prometendo o céu e a terra pros professores, mas quando governaram, fizeram foi mandar a PM expulsar todos pra fora da Assembléia Legislativa do Amazonas. Mas como Rede Amazônica ou Em Tempo não mostram, o povo acredita em propaganda milionária dos políticos, todos dizendo que fizeram “muito mais”. Eles fazem muito mais… na privada!!
Agora vai entrar o famoso “ele não pode ser preso porque é ‘dimenor’, é incapaz ou não sabe o que faz”.Se ele é incapaz ou não sabe que faca enfiada nas costas mata, hospício existe! Quiseram me internar por muito menos (queriam me internar por eu não querer morar com a minha mãe! Sério!!!), por que pra marginal são coitadiatas, mas pra ‘machudas’ não?? Essa crise de valores dos brasileiros é que é demais!
Nem precisa redução de maioridade penal: já se vê que alguém que mete faca no pulmão dos outros por motivo besta (por culpa dele mesmo, que é um Osama na sala de aula) não bate bem da cabeça! Pergunto de novo: por que pra menores de bem como eu era é hospício, mas pra menores marginais é coitadismo???
Estatuto da Criança e do Adolescente só é deturpado pra não se fazer nada pra corrigir trombadas, e nunca cumprido pra poteger menores vítimas de verdade de adultos psicopatas da própria família, como foi comigo e como foi com Bernardo (este último é um frustrado não conseguiu sobreviver!). Não é o Estatuto que tá errado: é a porra do país que é o país da lei que era pra ser assim e sai assado, que todo mundo sabe, mas ninguém se revolta pois senão “num é pacífico”! Antes destruir os coitadinhos dos vidrinhos dos banquinhos do que mais uma professora morta de forma pacífica! Essa racionalidade pacifista me dá NOJO!!!!
E agora? Professor não pode ir pra rua pra lutar contra essa patifaria, que senão os ‘robocops’ enfiarão spray de pimenta na fuça deles, e o telespectador ainda vai aplaudir, porque a TV disse que era um vândalo-terrorista-baderneiro-bandido que estava tentando colocar explosivos no Maracanã no final da Copa — uma mentira à lá 1981, muito cópia mal-feita do Atentado ao Riocentro [1] [2] –, porque festas são mais importantes que os professores, sabe? Se vidro de banco já virou mais importante que uma vida, não preciso dizer mais nada!!
Fonte: G1.

“É complicado!”

Jornalismo manauara é das piores que eu já vi. A narração deles é arrastada e falando coisas óbvias, como “o trânsito ficou lento e os motoristas tiveram que ter muita paciência”, parecendo enchição (de encher) de linguiça perante a falta do que falar. Outra coisa que irrita também ao assistir um jornal local das TVs de Manaus é o emprego de palavras idiotas, como o “complicado”. É comum numa situação chata, inaceitável, difício, ruim, etc, o jornaleco local troca as palavras mais convenientes acima pelo significado genético de “complicado”. “Complicado essa situação” — complicado é teu cérebro de tambaqui!!!
Clique aqui pra continuar lendo

O retorno do hoax eleitoral ou spam “num vote em Marina” começou!

image

Eleição é o mesmo circo de horrores a cada dois anos; não tem jeito, o Brasil é assim! Todo mundo sabe que político é igual a homem, mas na hora das eleições é igual na hora de Copa do Mundo: todo mundo esquece tudo, vira histérico e magicamente passa a ter orgulho de ser brasileiro, de que se não votarmos no PT voltaremos nos tempos de FHC/PSDB, e aparece hoax pra tudo quanto é lado dizendo que “candidato A” não acredita em deus, “candidato B” é lésbica, que “candidato C” vai/não vai legalizar aborto, e aquele show de moralismo furreca, pois o Brasil é o país do conservadorismo, do tradicionalismo e do moralismo barato. Discursões sobre “vandalismo” em revoltas populares não me deixa mentir!

A tradição circense pra 2014 já chegou, e com a candidata Marina Silva ameaçando o reino do PT, com direito já de choro de petistas e pelegos em geral em seus blogs, o ataque que pelanca agora é que Marina é “contra” LGBTs. E qual é a diferença disso do PT?

Leia o resto deste post