Políticos vão usar atentado terrorista em Paris pro Brasil ter lei anti-“terrorismo”.

islã, razãoEu sabia que isso iria acontecer, ainda mais com o fervor que as televisões colocam a notícia nos jornais sobre o atentado terrorista em Paris, que aconteceu semana passada e ainda está recebendo atenção demasiada dos jornais: todo o espaço do jornal só fala do atentado, dando detalhes demais e repetindo outras, e inflando um sentimentalismo astronômico sobre o assunto. Pra quê repetir que é triste, que é lamentável, catastrófico, isso e aquilo, se todo mundo é contra o terrorismo, cassete? Todo mundo acha terrorismo triste e assustador, pra quê ficar repetindo isso mil vezes? É como se a televisão estivesse instigando em levar o telespectador às lágrimas e ao pavor, tentando causar pânico nas pessoas.

Igual como foi feito à 14 anos atrás, em 2001, a televisão brasileira, principalmente a Rede Globo, encheu a população de medo de todos sofrerem um atentado terrorista de Osama Bin Laden, e inseriu na cabeça da população que todos nós iríamos sofrer atentados terroristas, inclusive com armas biológicas como antraz; o 11 de setembro foi a derrubada das torres Word Trade Center e o Fantástico da Rede Globo conseguiu inserir no meio “atentados biológicos´´ que seria de pessoas recebendo cartas com pó branco, e que esse pó branco seria antraz. Naquela época pós 11 de setembro qualquer carta com pó branco, que poderia ser apenas fungos, causava pânico nas pessoas.

Agora,  a ideia é inserir na população a ideia de que todos nós podemos ser atacados pelo Estado Islâmico, o que não faz sentido. Quem sofre os atentados é a França, e não foi uma escolha aleatória do tipo, imagine, o terrorista fazendo “minha mãe mandou eu escolher esse daqui…´´ … A França é o alvo porque o governo francês é um dos que financiam e causam a guerra que está acontecendo no Oriente Médio. O Estado Islâmico (de forma irracional, claro) faz uma espécie de vingança com o país que causa essa guerra. Daí eles criam um ódio irracional e passam a ver a França como um “inimigo´´ da religião islâmica, e a achar que a França está querendo destruir a religião islâmica; daí criam esse “exército´´, o Estado Islâmico, como um “defensor´´ da religião islâmica, e combatente da “malvada´´ França. É a loucura psicológica que a guerra causa nas pessoas! Esses são os humanos…

O Estado Islâmico considera como “inimigos que querem destruir a religião islâmica´´ a França, a Europa em si, no máximo também os Estados Unidos. O Brasil não faz parte disso. Por isso, não há motivo nenhum pra ter medo de um atentado terrorista do Estado Islâmico pra cá, pois o próprio Estado Islâmico nem sequer pensa em nós! Qual participação o Brasil tem no meio dessa guerra? Nenhuma! Ainda mais o Brasil, país mais sangue-de-barata do mundo, que mais foge de guerra do que o diabo foge da cruz.

Só que a imprensa brasileira, como sempre uma irresponsável e interesseira, não informa isso à população, de propósito mesmo, com o objetivo de fazer a população morrer de medo. Ela já fez isso em 2001 e está fazendo isso de novo. E o interesse disso é fazer com que a população, com medo de sofrer um atentado terrorista (que nunca virá), apoie o projeto de lei anti-terrorista que o Congresso Nacional (os deputados federais que você votou ano passado) está fazendo – projeto que, na prática, está sendo criado pra, através de um texto dúbio e equivocado, criminalizar manifestações e revoltas populares como atos terroristas.

Se esse projeto de lei for aprovado, uma barricada de pneus feita por populares revoltados com uma semana sem água nas torneiras e/ou sem energia elétrica, vai ser considerada atentado terrorista, e essa população pode ser presa e tomar 30 anos de prisão! Sentiu o absurdo?

Políticos estão com medo que a população do Rio de Janeiro faça novos protestos e manifestações durante as Olimpíadas 2016, daí querem criar uma lei pra criminalizar esses protestos. Há revolta inclusive com medidas impopulares e autoritárias, que estão sendo aplicadas contra a vontade da população do Rio de Janeiro, prejudicando-os em várias formas, deste mobilidade urbana (transporte público) até moradia, aonde as Olimpíadas está aumentando aluguéis absurdamente, deixando os moradores sem opção de lugar pra morar. Em vez de atender os anseios da população, políticos, sendo políticos, preferem criminalizar reivindicações e revoltas, impedir o incômodo com a lei e a Justiça, e enfiar todos os revoltosos na cadeia.

E não adianta direitistas-da-moda virem com “mimimi´´ de “black blocs quebram tudo´´, pois além de ser uma baita mentira dizer que um black bloc quebrando vitrine de banco está “quebrando tudo´´ (você nunca verá um black bloc quebrando um hospital ou uma escola!), como os bancos são os que mandam no sistema monetário (dinheiro) e lucram cobrando dívidas que não existem (juros), destruir bancos é justiça sendo feita. Vandalismo são os juros. Vandalismo é não ter aonde morar porque o valor do aluguel é alto demais. Vandalismo é ônibus lotado e caro!

Outra coisa: lei nenhuma impede terrorista de fazer atentado terrorista, principalmente homens-bomba (O que a lei vai fazer? Colocar o cadáver do homem-bomba na cadeia?) O que impede é policiamento e vigilância. Mas como o Brasil é o país que não tem polícia pra bandido (pro bandido pobre tem mais-ou-menos; pro bandido classe-média e rico nunca tem…), mas quando tem revolta popular tem até Força Nacional, daí vemos que buraco é mais embaixo!

Nós não precisamos de lei anti-terrorismo. Nós precisamos de saúde, educação, mobilidade urbana (transporte público de qualidade), salário mínimo descente, etc. A propaganda da “ameaça terrorista´´ é uma tática de distração, um “olha o passarinho´´ pra tirar o foco da atenção do povo pras coisas realmente importantes. Ainda mais quando a tal “ameaça´´ está num outro continente, longíssimo daqui.

Anúncios

Publicado em terça-feira, 17 novembro 2015, em Credulidade brasileira, imprensa brasileira, Manipulação, Política, Sociedade brasileira e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe seu comentário aqui. Mas ATENÇÂO: não insira nenhum link no seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: