A polarização PT X Direita que o PT criou.

indignação seletiva coxinhas & ex-querda caviarA conjuntura da atual situação política é surpreendente. Não sendo mais aquele inocente político que eu era quando entrei de cabeça na política em Junho de 2013, presencio um momento político de conjunturas complexas e que nem George Lucas imaginaria contar!

O PT há muito perdeu a representação de partido de Esquerda do país. Mesmo assim o partido continua a se dizer de Esquerda, que é a única Esquerda legítima do país, e que quem não é a favor dele é automaticamente de Direita. E usa sempre a sua hegemonia imagem de esquerda pra continuar no poder, fazendo táticas sujas de eliminar do quadro quaisquer outra coisa que seje mais Esquerda que o PT; a fim de só sobrar ele como único representante mais de Esquerda ao povo, e forçar o povo a ficar sempre do seu lado. O PT criou uma polarização PT X Direita, aonde só ele fica como alternativa de esquerda diante do adversário da Direita – a oposição que todo político esperto sonha ter – e através dela faz a chantagem eleitoral e política pra se manter no poder. Até hoje!

Em 2013, petistas não queriam reconhecer que a população de Esquerda estava revoltada, exigindo mais progressismo que o partido há muito não faz e se estagnou. A reação do PT foi desqualificar esses manifestantes de Esquerda, fez a imprensa os chamarem de vândalos, baderneiros, e até de terroristas! Petistas fanáticos acusaram os manifestantes de direitistas e de estarem causando turbulência política, como se pessoas não tivessem direito à manifestação (seja ela de que tática for), e como se o Brasil não estivesse ainda cheio de problemas pra resolver, como se o Brasil estivesse às mil maravilhas. Em vez de ouvir a revolta do povo, em vez de reconhecer que estavam em falta com os princípios de esquerda e satisfazer os anseios do povo, Dilma e PT fizeram de tudo pra sufocar as manifestações: jogaram o exército contra a população e vários manifestantes amargaram cadeia, alguns amargam cadeia até hoje!

Por isso que em 2015 não houve mais manifestações dessa população. Elas cessaram… por enquanto…

Nas eleições de 2014, quando as pesquisas eleitorais mostravam Marina Silva disputando um segundo turno contra a Dilma Rousself. Marina era mais à Esquerda, e seus eleitores eram pessoas cansadas da pseudo-esquerda do PT e querendo uma saída mais à Esquerda. Com medo de perder a eleição pra uma adversária de esquerda num segundo turno, PT fez propaganda suja contra Marina, até conseguir que o segundo turno fosse PSDB X PT de novo (Aércio Neves X Dilma Rousself). O PT contava que, com um candidato assumidamente de Direita, conseguiria empurrar os eleitores de esquerda, principalmente os eleitores de Marina, a votarem nela. Mas o resultado foi votos nulos, brancos e abstenções marcando recorde, enquanto que Dilma só foi reeleita por uma pequena diferença de votos a mais que Aércio! Era o primeiro alarme pro PT cair na real, mas em vão!

Daí acontece a pior vergonha, da Direita tomou as ruas e começaram a propaganda do impeachment. Se antes as manifestações eram clamores de mais educação, mais saúde e mais mobilidade urbana, eram contra todos os políticos, e eram a todos os níveis (nacional, estadual e municipal), o PT não os tolerava e fez por onde pra extinguí-los… Nas manifestações de Direita são de deste a eleitores de Aércio Neves (PSDB) à até defensores da volta da Ditadura Militar! Não há reivindicação por educação, nem saúde, nem mobilidade urbana, só a expulsão da Dilma do poder e até mesmo pedido de novas eleições, só pra o candidato do PSDB ganhar o poder! E nessas manifestações da Direita, Dilma era todo carinho e amor! Inclusive elogiando as manifestações como “democracia legítima” e não desceu nenhuma Força Nacional encima dos manifestantes! Pelo contrário: os coxinhas (apelido pra manifestantes de Direita) tiravam selfis com a Tropa de Choque! Ou seja, o PT fez de tudo pra afastar a Esquerda das ruas, e manter nelas a Direita!

Logo depois vieram as manifestações dos governistas, de petistas e PCdoBecistas, fazendo defesa da Dilma no poder. Até fizeram manifestações contrárias às políticas econômicas de Michel Levy, mas apoiando a Dilma do mesmo jeito, ficou uma reivindicação tola, sem-pé-nem-cabeça e até mesmo fingida! O mais interessante é que Dilma não manifestava nada em relação aos manifestantes governistas: se nas manifestações de Direita ela era todo ouvidos e elogio, nas manifestações petistas ela não dava nem um pio!

O PT quis essas manifestações de Direita, com o intuito de forçar o resto a ficar do lado das manifestações governistas. Mas aí o feitiço não dá certo, e as manifestações governistas, além de não agregarem mais ninguém que não seja petista ou PCdoBecista, são inclusive ridicularizadas nas redes sociais!

Daí as ruas viraram o nosso maior pesadelo: em vez de tomadas pelo povo, de um lado foram tomadas por classes-médias alienadas pela falácia da “ameaça comunista” ou “ameaça esquerdista”, por pessoas conservadoras, defensoras das injustiças do sistema monetário, e contra minorias/oprimidos sociais! E do outro, defensores de um mesmo governo que joga a conta da recessão econômica no povo e servos da mesma base aliada (PMDB) que remove direitos de trabalhadores, mulheres, LGBTs, indígenas e mais! Ou seja, como escolher um lado? Não há como escolher um dos lados!

O joguinho era o PT tomar o discurso político, mas quem acabou lucrando e tomando o discurso político foi a Direita, se mostrando como “única” opção de oposição a um partido que não satisfaz mais a população. Daí que o direitismo-da-moda ganhou mais adeptos, ganhou força e hoje toma a opinião coletiva!

Daí o feitiço virou contra o feiticeiro: em Agosto a Direita já estava tão fortalecida com manifestações de impeachment todo mês, que a Dilma mais e mais foi forçada a ceder a políticas direitistas do PMDB, tanto pra o PMDB manter Dilma no poder quanto pro governo tentar satisfazer os manifestantes direitistas! Dilma já não tinha mais a aprovação do povo que a elegeu, frustrados com a promessa de “guinada à esquerda” que se revelou uma “guinada à direita”. Em vez de Dilma ter abraçado o povo/a Esquerda, abraçou a mesma Direita que a quer destruída, e agora não tem mais o povo/a Esquerda pra salvá-la!

Agora que o impeachment chegou às vias de fato, o PT tenta mais uma vez usar a mesma tática, forçar a população a ficar do seu lado, com o argumento absurdo de que de que “impeachment é golpe, portanto defender Dilma é defender a democracia”, utilizando a tática do espantalho pra forçar o povo a ficar do lado de Dilma/PT, chegando ao extremo de colocar na cabeça do povo a ideia de que teríamos a obrigação de suportar as patifarias do PT em nome da Democracia.

 

Dilma = Democracia?

O pior é que a tática antes de “sem Dilma e PT, sem os direitos já conquistados também”, antes utilizado, já não é mais: pelo visto, por causa do próprio governo/partido já está desmoralizado, está colocando a população mais pobre pra pagar as contas da crise econômica (que poderia ser sido paga com dinheiro que a FIFA lucrou em inserção de impostos da Copa do Mundo de 2014), descumprindo todas as suas promessas de campanha de 2014 de “guinada à esquerda”, fazendo “guinadas à direita” a cada nova manifestação de direitistas ou manobras políticas do PMDB e PSDB (Mas foi decisão do PT se aliar com o PMDB! É o que dá se aliar com cobras e ratos!). Daí parece que a única coisa que restou é o apelo ao medo: convencer que impeachment é golpe.

Daí a tática agora mudou pra “impeachment é golpe, golpe é contra a democracia, logo defender permanência de Dilma no poder é defender a própria democracia”. Sendo que:

  • Impeachment é garantido pela própria Constituição. Ao contrário do que petistas e aliados gritam por aí, impeachment não é golpe, pois é garantido na Constituição. É errado e perigoso essa tática de empurrar pra população esse conceito errado de golpe, ainda a população brasileira, que é ignorante e confusa: primeiro, porque estão mentindo pro povo, e segundo, que no caso de vier um golpe verdadeiro mais tarde, a população não acreditar mais (é a fábula do pastor mentiroso – Google pra quem não saber!).
  • A Constituição é de 1988 e é independente de quaisquer partido! Ou seja Constituição continuará com ou sem PT no poder. Parece que a tática do PT é fazer o povo acreditar que, caso o PT perca o poder, quem for assumir o poder vai destruir a Constituição e acabar a República Democrática de Direito. Não, não é assim! Mesmo que Michel Temer, Eduardo Cunha ou Renan Calheiros (todos PMDB) assumam poder, a Constituição continuará, a República Democrática de Direito vai continuar. Ainda mais o PMDB, sendo raposa velha de táticas populistas, jamais inventaria de acabar com a Constituição e a República Democrática de Direito, pois sabem que é uma medida impopular, que pode inclusive causar uma imensa revolta nas ruas!

A única ameaça à Democracia seria se expulsassem a Dilma do poder através de coisas fora da Constituição, como por exemplo, se militares expulsassem Dilma – aí sim, golpe em letras garrafais! Mas caso o Congresso Nacional faça o processo de impeachment totalmente dentro da Constituição, o impeachment é totalmente constitucional e não há golpe nenhum nisso, por mais que não se goste da ideia de Dilma impedida!

Também argumentarão que o golpe estaria nos motivo que estão empurrando pra Dilma ser impedida, que são as contas do governo, e o uso de dinheiro ilícito pra campanha eleitoral, que foi o PT quem fez e não a Dilma. No caso de contas do governo, só acho que se Dilma for impedida por isso, então todos os políticos também deverão ser impedidos (o que seria um alívio pra população)! No caso se Dilma sabia do dinheiro ilícito de campanha eleitoral, Dilma seria no máximo cúmplice, mas não ladra! Só que os próprios argumentadores não percebem que o que alimenta a popularidade desse impeachment não são nenhuma dessas duas coisas, e sim outra: o estelionato eleitoral da Dilma e a recessão econômica de Michel Levy! E Dilma insiste em manter Michel Levy até o fim!

Convencer que impeachment é golpe, que defender Dilma é defender democracia, é uma tática desesperada e absurda. É utilizar medo, a tática do espantalho, pra forçar o povo a ficar do lado de Dilma/PT, fazer o povo se sentir sem saída e obrigada a escolher entre PT X Direita. Chegando ao extremo de colocar na cabeça do povo a ideia de que teríamos a obrigação de suportar as patifarias do PT em nome da Democracia, ou mesmo passando a ideia errada de que democracia é aturar políticos que não nos agradam. O PT simplesmente não tem mais argumentos pra convencer a população, daí apela pro medo, pra táticas do espantalho e pra mentiras. É o PT que só quer continuar no poder, de qualquer jeito!

Eu se fosse o PT pararia com essa tática desesperada de se manter no poder de qualquer jeito, pois vai piorar mais ainda a situação política do país e piorar mais ainda a situação da Esquerda, pois o resultado dessa polarização “PT X Direita” está sendo outra: da população surtando no Direitismo. Esse direitismo-de-moda, as pessoas estão virando direitistas só pra fazerem oposição ao PT, está acontecendo porque o próprio PT convenceu a população de que é a Esquerda genuína, daí pessoas foram convencidas de que “PT é genuína esquerda, logo pra ser oposição ao PT tem que ser de Direita ”, e que Esquerda é coisa ruim.

Outra: se petistas insistirem que democracia é engulir PT e aturar políticos que não nos agradam, resultado dessa insanidade pode acabar colocando a população contra a Democracia, pra poderem fazer oposição ao PT, e trazer mais adeptos à Direita, inclusive adeptos pra extrema-Direita! Não tardará pra extremos-direitistas começarem a usarem isso pra dizer que a democracia não presta (que é coisa de comuna/PT…) e trazer mais adeptos à apoiar Intervenção Golpe Militar: esse sim um GOLPE!

 

Mais outra: repetindo todo tempo “golpe, golpe, golpe”, usando o termo a torto e a direito, vai cansar a população, e fazer ela crer que tal coisa não existe e nunca existiu, que “golpe” é “invenção do PT”. Daí caso vier a acontecer um golpe de verdade, a população não acreditará! Igual à fábula do pastor mentiroso (Google pra quem não saber)!

A polarização da política em PT X Direita e “quem não é PT é de Direita” é uma manipulação política do PT, uma tática desesperada do PT de se manter no poder igual a todos os outros partidos; é uma tática inconsequente que o PT fez e faz pra impor que a população mantenha o PT no poder de graça, que aceite na marra as políticas contra eles mesmos, fazer o eleitor voltar aos braços do partido nem que seja pelo medo ou pela obrigação! O PT não se manca que não adianta fazer malabarismo com a vontade do povo, que fazer polarização entre duas porcarias não dá certo por muito tempo, desgasta o eleitor e ainda por cima faz o eleitor, ignorante e confuso, tomar atitudes contrárias ao esperado, que é a população aderindo ao Direitismo pra fazer oposição ao PT! Aliás, fazer da política um Fla X Flu é uma tática velha, e de Direita! Além disso, desqualifica a Esquerda, forçando a barra do PT como única legítima Esquerda, impede as pessoas de buscarem maior progressismo e saídas mais progressistas, empurrando ideias absurdas de que “manter PT no poder é coisa de Esquerda”. Não, não é! A Esquerda genuína vai continuar a fazer o que já faz: ficar encima do muro dessa disputa “Fora Dilma X Fica Dilma”, observar o circo pegar fogo e deixar o PT se queimar sozinho!

O PT está com a guerra perdida graças aos seus próprios erros, e em vez de reconhecer e cair fora (Dilma deveria renunciar, pois ser derrubada ou sangrar até o fim do mandato vai ser pior pra ela, pro PT e pra Esquerda em geral), insiste em continuar com os erros e a fazer mais erros, erros que só vão piorar ainda mais a situação política já piorada. Daí quem pagará o pato será o povo, que já está pagando com a aliança com o PMDB, e sendo enganados que o Direitismo vai salvá-los. Mas ainda dá tempo de evitar o pior! É menos pior Dilma renunciar, o povo ser governado pelo PMDB, do que ser governado pelo PSDB, pelo Bolsonaro, ou pior ainda, por militares!

Anúncios

Publicado em quarta-feira, 9 dezembro 2015, em coxinhas, Credulidade brasileira, direita, direitistas, governismo, governistas, Manipulação, Política, pseudo-esquerda, revolta popular, Sociedade brasileira e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe seu comentário aqui. Mas ATENÇÂO: não insira nenhum link no seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: